Entre com sua busca

Curso

SAÚDE MENTAL NO TRABALHO: INTERVENÇÃO NAS INSTITUIÇÕES

New

Objetivos do curso:

Contribuir para a formação do profissional que atua nas instituições, individualmente ou em grupo em diferentes contextos sociais e institucionais;
Promover a formação para planejamento e intervenções clínicas no âmbito institucional;
Desenvolver conhecimentos teórico-técnicos de saúde mental do trabalho, voltados para a realidade psicossociocultural, com compromisso ético em questões contemporâneas;
Preparar o profissional para atuar de forma eficaz:

  • Na manutenção do bem estar e prevenção do adoecimento do trabalhador;
  • No campo da saúde mental e psicopatologia relacionada ou não ao trabalho (diagnóstico situacional e atendimento);
  • Nos casos de acidentes ou doenças do trabalho;
  • No presenteísmo e absenteísmo;
  • Na prevenção do contingente trabalhista relacionado a doença do trabalho;
  • Na criação e manutenção de ambientes de trabalho saudáveis, considerando como saúde o bem estar biopsicossocial.

Público-alvo

Profissionais do SESMT: Médico do Trabalho, Enfermeira do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho; Psicólogos, Assistentes sociais, Terapeutas ocupacionais; Magistrados, Procuradores, Auditores Fiscais e demais membros da Justiça do Trabalho e Ministério Público do Trabalho; Médicos peritos em geral; Advogados trabalhistas e previdenciários; Administradores envolvidos na gestão de pessoas; Sindicalistas atuantes nas questões da saúde relacionadas ao trabalho.

Títulos

  • Formação em “Saúde Mental no Trabalho: intervenção nas instituições” 

Carga horária total

400 horas

Modalidade: presencial
Duração: 3 semestres

Horário / Local

Horário:  aos sábados, das 9:00 às 17:30
Início:  09 de março de 2019
Local: CEFAS Campinas | Rua Mogi-guaçu, 569 – Chácara da Barra

Investimento

Matrícula única de R$200,00 e mensalidades de R$585,00 (17 parcelas).

Grade curricular

Clique para consultar Ementa e Objetivos

Disciplinas
Docentes: Profª Rachele Ferrari, Profª Andrea Moreli

EMENTA:
Psicanálise e a história da psicopatologia; as esquizofrenias, depressões, pânicos, anorexias, drogadição, distúrbios psicossomáticos; terapia e profilaxia dos distúrbios mentais; saúde mental.
OBJETIVOS:
  • Compreender os principais quadros mórbidos mentais e psicossomáticos, saber diagnosticá-los e indicar o atendimento.

Docentes: Prof Sérgio Roberto de Lucca, Dra Fernanda Ferreira Gil

EMENTA:
O trabalho, além de ser fonte de subsistência é central na vida e preservação da saúde das pessoas, à medida que contribui para a identidade e autoestima, mas também pode gerar sofrimento e adoecimento.
OBJETIVOS:
  •  Apresentar os principais fatores psicossociais, individuais e organizacionais que podem proteger e preservar a saúde dos trabalhadores, bem como aqueles promotores de sofrimento e adoecimento. 
  • Discutir as principais correntes teóricas (work stress, psicodinâmica do trabalho, desgaste biopsicossocial) e instrumentos para o diagnostico e implantação de um programa de saúde mental no trabalho que incluem ações e intervenções primárias, secundárias e terciárias, no âmbito individual e coletivo nas organizações.

Docentes: Prof Sérgio Roberto de Lucca, Dra Fernanda Ferreira Gil

EMENTA:
As inter-relações entre capital e trabalho, trabalhador e organização são permeadas por interesses muitas vezes antagônicos entre as partes envolvidas.
O médico do trabalho e demais profissionais de saúde se encontram em posição de mediar estes conflitos.
As normativas legais e éticas tem por objetivo preservar  a saúde dos trabalhadores e ainda a produtividade das organizações.
As normativas dos ministérios da saúde, previdência e trabalho  disciplinam as ações preventivas , de vigilância,  monitoramento, notificação e de readaptação dos trabalhadores.
As normativas éticas disciplinam as condutas dos profissionais.
OBJETIVOS:
  • Apresentar e discutir as principais normativas que justificam a preservação de ambiente saudável nas empresas, incluindo a execução de programas de controle médico de saúde dos trabalhadores e prevenção de riscos ambientais e de promoção da saúde dos trabalhadores.

Docentes: Prof Dr Antonios Terzis, Dra Fernanda Ferreira Gil, Profª Dra Carmen B. R. Fabriani

EMENTA:
A questão do grupo na psicanálise, a realidade psíquica do grupo, aspectos teóricos e técnicos da psicanálise de grupo, as práticas psicoterápicas de grupo; as contribuições de Bion na psicanálise de grupo e a função do analista de grupo.
OBJETIVOS:
  • Conhecer as teorias de psicanálise de grupo;
  • Aplicar o método e a técnica da psicanálise de grupo para conduzir o processo terapêutico psicanalítico;
  • Conhecer as teorias da realidade psíquicas nas instituições e os processos mentais que se dão coletivamente;
  • Aplicar o conhecimento teórico e técnico em pesquisas científicas.

Atividades Práticas / TCC

EMENTA:
Aplicar os conhecimentos  técnicos e teóricos apreendidos ao longo do curso, na prática psicanalítica, através de atendimento clínico supervisionado em terapias: casal; família; grupo; crianças e adolescentes; e arteterapia.
OBJETIVOS:
  • Proporcionar aos profissionais/alunos a oportunidade da prática psicanalítica;
  • Facilitar a troca teórica e prática entre profissionais;
  • Proporcionar estudos de casos sob supervisão

OBS: Os alunos que exercem atividades em outras instituições poderão, a seu critério, ser dispensados desta atividade. Neste caso, deverão requerer a dispensa e apresentar documentos comprobatórios para a anuência da coordenação do curso.

 Docente: Profª Nara Letícia P. Ramos Rodrigues

EMENTA:
A supervisão é uma experiência de aprendizagem na qual um supervisor está compartilhando com seu colega supervisionando os frutos do seu conhecimento clínico nas Instituições do trabalho, bem como esclarecendo seus pensamentos e suas técnicas.
OBJETIVOS:
  • Integrar a teoria com a clínica prática e compreender o processo analítico;
  • Incrementar o instrumento de intervenção no trabalho;
  • Transmitir o procedimento utilizado pelo Supervisor para adaptar o conhecimento teórico ao material clínico.

EMENTA:
Introduzir a abordagem qualitativa no campo da pesquisa psicanalítica e psicológica social. Discutir a questão metodológica como atividade complexa que demanda profunda integração entre elaboração teórica e prática na construção do conhecimento.
OBJETIVOS:
  • Desenvolver e  formular os objetivos de trabalho;
  • Conceituar e problematizar de forma didática a atividade do trabalho de campo;
  • Capacitar o aluno sobre as várias técnicas de análise do material qualitativo fundamentado na hermenêutica;

Coordenação

  • Prof. Dr. Sérgio Roberto de Lucca (CRM-SP 48.081) – Médico pela Unicamp, Professor Livre docente, Especialização em medicina do trabalho, Diretor da divisão de Saúde Ocupacional da Unicamp. Pesquisador e docente da disciplina Saúde mental e trabalho do programa de pós-graduação em Saúde Coletiva/FCM/Unicamp.
  • Dra. Fernanda Ferreira Gil (CRM-SP 129464) – Médica pela UFMG , Residência Médica em Medicina do Trabalho no HC da UFMG, Título de Especialização em Medicina do Trabalho pela AMB, Especialização em Psicanálise.
  • Prof. Dr. Antonios Terzis (CRP 06/25538) – Grupanalista, Doutor pela USP, Mestre e Especialista pela Universidade Paris VII, ex-docente da pós-graduação na PUC Campinas, professor convidado da Famema e UFSCar, ex-presidente da Flapag, Bolsista pelo Itamaraty- CNPq e Especialista em Psicologia Clínica e Pesquisa Científica pela UnB.