fbpx

Entre com sua busca

post

A OBRA NÃO EXISTE SEM O HOMEM, E O HOMEM NÃO EXISTE SEM A OBRA

A OBRA NÃO EXISTE SEM O HOMEM, E O HOMEM NÃO EXISTE SEM A OBRA

pequena história do cefas

É isto: a obra não existe sem o homem. A obra: CEFAS – Centro de Estudos e Formação em Saúde, hoje a mais antiga e tradicional instituição particular de ensino da Psicanálise em Campinas. O homem: Antonios Terzis, grego como o são alguns mitos fundadores da Psicanálise.

Terzis, como é conhecido, aportou no Brasil em 1980, vindo da França, onde concluiu seu mestrado e especialização na Sorbonne – Paris VII, aonde chegou partindo de Atenas, lugar em que se formou em psicologia no Centro de Estudos de Psicologia da Faculdade de Atenas, o que foi seguido por uma especialização no Institut Fur Angewandte Psychologie – de Zurique.

Esse grego veio ao Brasil a bordo de uma bolsa de estudos para um projeto de pesquisa na área de saúde mental sobre “Constelações Familiares de Pacientes Esquizofrênicos”, oferecida pela Embaixada do Brasil na França, e divulgada no Le Monde. Terzis, homem do mundo, conquistou o lugar e, qual um Argonauta em busca do seu Velocino de Ouro, colocou sua nau rumo a Terra Brasilis, aqui aportando na UnB. Dali, seguiu para a USP, lá concluindo seu doutorado, em 1983. Já no fim deste mesmo ano, que lhe chegam notícias de que a PUC Campinas estava contratando professores para seu curso de pós-graduação em Psicologia. Terzis vai, então, para Campinas já no início de 1984, e é ali, na pós-graduação da PUC, de forma mais pontual, que o embrião do CEFAS se forma.

Nessa época, a efervescência acadêmica e intelectual na PUC estava em ebulição. Terzis e colegas percebiam que os alunos confundiam conceitos a respeito do que era da Psicologia e do que era da Psicanálise. E aí começou a formação de alguns pequenos grupos de estudos informais com o objetivo de contribuir à distinção do que era realmente a Psicanálise.

Daí para a realização das primeiras palestras e cursos livres sobre Psicanálise, mitos e temas correlatos, foi um passo, com Terzis liderando as iniciativas e convidando amigos e profissionais de outras instituições para as diversas atividades. 

Ao primeiro passo seguiram-se muitos passos por um período de quase 10 anos, quando, em 1995, em parceria com a psicanalista Nora Rosa Rabinovich, as “pessoas psíquicas” de então se expressaram como pessoa jurídica e fundaram o CEFAS. 

A instituição começou com um Curso de Estudos Psicanalíticos, e depois outros e outros afins, no mesmo local em que é hoje a sua sede na rua Mogi Guaçu, em Campinas. As aulas aconteciam em algumas salas no fundo da casa em que Terzis tinha a sua clínica.

Algum tempo depois, Maria Aparecida Maia Holanda Terzis entrou na sociedade, e o CEFAS ficou com esta constituição por um período de aproximadamente dois anos, quando Nora mudou de cidade para lecionar em outra instituição. Assim, ela saiu da sociedade e permaneceram Terzis e Maria Aparecida, o que vigora até hoje.

Fundado na extensa experiência acadêmica e científica de Antonios Terzis já relatada, e mais, ainda, a produção e edição de livros e revistas, a publicação de artigos em periódicos, a participação e organização de eventos científicos, orientações de mestrado e doutorado e demais produções -, o Curso de Estudos Psicanalíticos encorpou, expandiu, cresceu e se tornou o que é hoje o curso de Formação em Psicanálise – Teoria, Técnica e Prática, uma Pós-Graduação que acontece sob a égide do tripé psicanalítico da formação estabelecida por Freud – o Estudo da Teoria, a Análise Pessoal e a Supervisão Clínica. 

O estudo da teoria, guiado pelos olhos de diversos pensadores da Psicanálise – Freud, Melanie Klein, Winnicott, Lacan, Bion e outros ilustres “visitantes”, tanto precursores quanto continuadores, mais a técnica desenvolvida na prática vivenciada em sua consistente Clínica-Escola, devidamente supervisionada, constituem, assim, um dos melhores cursos de formação em Psicanálise disponíveis no Brasil, e responsável pela formação de centenas de psicanalistas da melhor estirpe.

Com a notoriedade e reconhecimento deste curso, vieram os diversos cursos de Especialização cadastrados no MEC, os cursos de Aperfeiçoamento, os Simpósios, as Palestras e muitas outras atividades a respeito do pensar e do fazer psicanalítico, realizados em parceria com importantes instituições universitárias e psicanalíticas do país e exterior. Estes cursos e eventos são realizados presencialmente em sua sede própria em Campinas, com alunos de dezenas de cidades do seu entorno, e on-line, com alunos de todo o pais e também de outros países: Austrália, Inglaterra e Portugal. 

Hoje o CEFAS é uma instituição madura e consistente, que sabe o que faz e porque faz, fincada na mais profunda tradição do saber psicanalítico e, ao mesmo tempo, aberta e ligada no mais contemporâneo movimento desse pensamento. Sabedora de ainda estar em desenvolvimento para chegar ao melhor de si mesmo como instituição, trazendo Formação, Especialização e Aperfeiçoamento a todos aqueles que querem o melhor na área, o CEFAS continua o seu percurso e promete muito mais para o novo tempo que vem e que já é.  

(por Vagner Couto, 2021)

No Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.